Blog

08/06/2020

500 anos: evolução do lugar mais saboroso

Arquitetura

A HomeAdvisor mostrou como foi a evolução da cozinha nos últimos 500 anos em seu canal no YouTube, focando na cozinha europeia e norte-americana. O vídeo foi produzido com auxílio da professora de História da Universidade de Greenwich, Sara Pennell, e da curadora de coleções históricas da Nova Inglaterra, Nancy Carlisle.

Siga a Idélli no Instagram e tenha inspirações de arquitetura e design de interiores semanalmente.

A Casa Abril fez um post em seu blog contando em mais detalhes a evolução desse ambiente tão saboroso e tão requisitado nos lares. Na publicação, a Casa Abril comenta que em 1520 a estrutura da cozinha era mais sombria, feita de pedra e mais parecida com a masmorra de um castelo medieval. A cozinha não era um local familiar e era somente utilizado pelos empregados.

Entre 1600 a 1800 a espaço começou a ganhar mais elementos de ocupação e de uso, mudando o estereótipo de ser somente um lugar para cozinhar. O acréscimo de mesa, cadeiras e louça começavam a indicar que as refeições dos moradores também se realizavam na cozinha. Isso ocorreu muito devido ao fortalecimento do capitalismo industrial que possibilitou a produção em escala de produtos.

No século 20, a cozinha passa a ter mais eletrodomésticos, economizando espaço e tornando a cozinha um espaço menor, porém mais eficiente, manifestando o minimalismo da época.

A cozinha contemporânea, última evolução e atual, têm como característica o conceito aberto. A proposta dos cômodos integrados tem a função de juntar o anfitrião com os convidados permitindo uma maior interação no momento de preparo.

A evolução de 500 anos da cozinha mostrou muito mais do que estética, mostrou a evolução do estilo de vida e de morar, desde o pouco convívio na cozinha do Renascimento para a integração de ambiente do século atual para uma maior interação.

Confira as imagens de cada século de evolução.

Solicitar orçamento